Dias para relaxar e viajar para realidades distantes

29 de março de 2018 | por André Sequeira

Feriado é sempre um momento esperado por todos. São aqueles dias em que as pessoas descansam a cabeça do trabalho e dos afazeres diários corridos e estressantes. Muitos, inclusive, quando começa o ano, já separam o calendário com todos os dias em que poderão relaxar e curtir. Neste fim de março, será a vez da Páscoa, para os católicos, a Semana Santa. Mas, como mesmo os não praticantes também são “obrigados” a saírem em feriado, é época para aproveitar.

No último período festivo que tivemos, o Carnaval, grande parte do país parou e aproveitou para se acabar em blocos de rua, trios elétricos e muito mais – claro que houve exceções. É um momento tão marcante que muitos afirmam que o ano só começa de verdade após a Quarta-Feira de Cinzas. São dias famosos em todo o planeta como de muita festa. Por outro lado, a Semana Santa, em geral, traz um clima diferente, mais ameno.

Obviamente, diversos brasileiros aproveitam para ir para regiões com folia garantida. Porém, a Páscoa é conhecida como um momento para desfrutar a família, os amigos e se desligar – até porque, passaram-se apenas quarentas dias do Carnaval. Muitos colocam em dia o circuito de cinema, outros alugam casa em cidades tranquilas, outrem apenas permanecem na própria residência e esperam, calmamente, que a segunda-feira chegue.

Agora, que tal utilizar esta paralisação de três dias para viajar sem sair de casa? Se você gostou da ideia, já deve imaginar do que estou falando, certo? Sim, refiro-me à leitura. Basta pegar um livro e se deixar levar.

Ler é a ação mais mágica que já foi inventada. Com e por meio dela, qualquer pessoa pode ser o que quiser, quando quiser e onde quiser. Alguns tornam-se reis na Idade Média, outros soldados da Primeira Guerra Mundial, outros cantoras de sucesso da década de 1990. É a leitura que proporciona que compreendamos o mundo e adquiramos cidadania – esta tão importante nos dias atuais. Nas obras literárias, você tem a oportunidade de deixar a vergonha e o preconceito de fora e ser apenas quem quiser.

Organizar uma viagem requer dinheiro e tempo. Quantos hoje têm isso sobrando? Assim, a dica da leitura fica ainda melhor. Ao invés de alugar uma casa na praia, uma história romântica que se passa numa ilha paradisíaca é uma opção muito interessante. Quem deseja um clima frio e aconchego no edredom, um thriller é uma boa saída e garantia de se encolher embaixo da coberta. Aqueles que pensam em relaxar a mente e dar um tempo da realidade brutal do cotidiano, obras com dicas de meditação vão ajudar demais. Já quem quer aproveitar a parada para aprimorar-se profissionalmente, livros de negócios e empoderamento são pedidas excelentes.

Como vocês podem ver, o importante é ler. Não importa se o autor foi criticado por um amigo ou se a obra é mais infantil do que você gostaria de assumir. Leia, leia sempre. E se for amante do cinema, que tal escolher títulos que tiveram adaptações cinematográficas para, quem sabe, no próximo feriado assistir aos filmes dos livros lidos?

Garanto que aqueles que utilizarem o feriado para curtir uma boa história, não vão se arrepender. Da próxima vez, a espera não será apenas para não trabalhar, mas também, para terem horas livres para devorar grandes aventuras.

Nesta Páscoa, todos que puderem devem sim comer chocolate, mas o que acham de colocá-lo ao lado e ir beliscando entre uma página e outra do livro(s) escolhido(s). Aposto que, sem notar, ao final da leitura você comprovará que comeu menos do que imaginava – olha aí uma dica de dieta!

TAGS:

Conteúdo Relacionado

Seis conselhos importantes de Rhonda Byrne em “O poder”