Mitos alimentícios derrubados por Sophie Deram

15 de março de 2018 | por André Sequeira

Beber os alimentos pode enganar a fome

Apesar deste ser o desejo de todos que querem emagrecer, não é aconselhável. O corpo não deve ser enganado, mas respeitado e nutrido. Caso contrário, é grande o risco de você aumentar o apetite na próxima refeição. Os alimentos líquidos não proporcionam a mesma saciedade.

 

Fazer dieta emagrece

A longo prazo essa afirmação pode não se sustentar. A dieta mexe com o cérebro e aumenta o apetite, desacelerando o metabolismo. Depois de um tempo, você pode engordar novamente e entrar no famoso efeito sanfona. Não é questão de falta de disciplina. Seu corpo, simplesmente, não permite que você emagreça, ainda mais quando há perda de peso muito rápida.

 

Emagrecer rápido é bom

Quando você faz dieta e emagrece, o cérebro não percebe a perda de peso como um sucesso de beleza, mas como um perigo. Por isso, desenvolve mecanismos de adaptação para se defender. Veja só́ o que acontece: o cérebro vai aumentar o apetite, diminuir o metabolismo e fazer com que o desejo por comida se torne cada vez maior, justamente para que você se alimente e não corra risco de perder gordura.

 

Contar calorias ajuda a emagrecer

Ao realizar esta contagem você corre o risco de perder o prazer de comer. Fora isso, caloria não é sinônimo de qualidade. Um exemplo: 150 calorias de biscoito recheado não são úteis ao corpo do mesmo modo que 150 calorias de legumes e verduras. A quantidade é a mesma, as o efeito no metabolismo não. Um tem muita açúcar e gordura hidrogenada, o outro, compostos bioativos bons para os genes. Ou seja, alimentos são muito mais que calorias.

 

Para emagrecer basta fechar a boca e malhar

Nosso comportamento alimentar não é somente racional, mas, por vezes, involuntário. O primeiro passo é não entrar em guerra contra o próprio corpo. Não é comer menos, mas melhor: comida de verdade e com sabor que o fará querer mais. Se unir isto ao exercício e ao sono de boa qualidade, o sucesso chegará.

 

Deve-se comer só alimento light ou diet

Enganar o cérebro e o corpo nunca é a melhor opção. A maioria desses produtos tem retirada a gordura. Quando você faz isso com sua alimentação, tira também a responsável pelo gosto e suavidade da comida. Para compensar este problema, a indústria alimentícia decidiu acrescentar, por exemplo, açúcar, farinhas, xarope de glicose, xarope de açúcar. Além disso, como esses produtos, em geral, não são tão gostosos, acabam por trazer pouca satisfação, incentivando que a gente coma mais.

 

Comer de três em três horas emagrece

Se você respeita seu corpo e entende que ele não é uma máquina, como ter certeza que ele precisará de alimentos a cada três horas? Tudo depende do que ingeriu e quando ingeriu. Forçar um horário vai bagunçar a conexão entre a fome física e outras delas, como a emocional. O dono da fome deve ser sempre você, não o relógio.

 

Saiba mais em O peso das dietas.

TAGS:

Conteúdo Relacionado

Seis conselhos importantes de Rhonda Byrne em “O poder”