Os cinco princípios do sucesso na vida amorosa

9 de fevereiro de 2018 | por André Sequeira

Tome decisões com base em dados científicos

Certamente, todas as abordagens que você utiliza não são baseadas numa compreensão empírica de como os seres humanos e os relacionamentos funcionam. Ao compreender as evidências, você saberá o que dá certo nas relações com as mulheres e, também, por que dá certo. Não confie na sabedoria convencional, a qual é definida por ideologias políticas e religiosas, tradições familiares e normas culturais.

 

Leve em conta a perspectiva da mulher

Não se esqueça que a mulher tem uma perspectiva própria, diferente da masculina. Entendendo o que elas querem, por que querem e como proporcionar a elas o que querem, será muito mais fácil se tornar atraente e encontrar uma parceira. Tentar atrair uma mulher sem compreender esses pontos equivale a se aventurar numa floresta sem mapa nem bússola.

 

Torne-se mais atraente

As mulheres não escolhem sentir atração por você. Elas são atraídas por algumas características e não por outras. Portanto, a possibilidade da mulher se sentir ou não atraída por você está nas suas mãos. Ser atraente não significa estar forte e magro, mas possuir os atributos certos que as farão interessar-se.

 

Seja sincero

Sinceridade é a base para o sucesso amoroso, seja com um mulher seja consigo mesmo. Numa sociedade em que as mulheres acham que todos os homens mentem, aquele que se posiciona e diz a verdade sobre o mundo, sobre si mesmo e sobre o que realmente quer é raro e muito atraente. Até por isso, segundo pesquisas realizadas pelos autores apontam a sinceridade como um dos atributos mais desejados pelas mulheres nos parceiros.

 

Jogue para todo mundo sair ganhando

Num relacionamento, não existe ganhador e perdedor, diferentemente do que a maioria das pessoas imaginam. Esta visão é errada e contraproducente. O objetivo é encontrar e criar relações em que ambos ganhem e em que você e a mulher se tornem indivíduos melhores por estarem unidos. Se o relacionamento não é positivo para os dois, talvez eles não devessem estar juntos.

 

Leia mais sobre o tema em O homem ideal, de Tucker Max e Geoffrey Miller

TAGS:

Conteúdo Relacionado

Seis conselhos importantes de Rhonda Byrne em “O poder”