Como a psicologia pode te ajudar a compreender melhor sua inteligência

30 de janeiro de 2018 | por Editora Sextante

Mais que uma leitura agradável, Psi-Q, de Ben Ambridge, é um livro de exercícios para que possamos conhecer melhor a nossa inteligência psicológica.

“Aquele que se conhece é o único senhor de si próprio”. A famosa frase do poeta Pierre de Ronsard revela uma verdade bem importante: para termos autocontrole, é fundamental buscar também o autoconhecimento.

Autoconhecimento é algo essencial para quem quer alcançar seus sonhos. Muitas vezes estamos tão focados em conquistar algo que não paramos para pensar porque queremos aquilo. Essa falta de direcionamento pode levar-nos para desfechos inesperados e indesejados.

Neste artigo, falaremos melhor como a psicologia pode nos ajudar a conhecer melhor a nossa própria inteligência psicológica e porque este autoconhecimento é leva ao sucesso e a felicidade.

 

Aprenda como a espécie humana pensa

Ao contrário do que gostamos de imaginar, não somos assim tão diferentes dos outros mais de 7 bilhões de seres humanos ao redor do planeta quando o assunto é a forma de pensar.

A psicologia se aprimorou ao longo das últimas décadas com o foco em descobrir quais são esses padrões de comportamento, além dos desvios mais comuns e como eles se manifestam.

Ao entender, estudar e observar esses arquétipos de personalidade, conseguimos também, por comparação, entender o que temos em comum e de diferente em relação a eles. Com o passar do tempo, estes exemplos deixar nossa imagem mais nítida para nós mesmos e facilita uma visão mais precisa do que realmente somos.

Em Psi-Q, Ben Ambridge apresenta diversos testes que ajudam a treinar e identificar nossa inteligência psicológica. Mas, quando revela os resultados de cada teste, o autor também cita respostas mais comuns e esperadas para os desafios.

É importante esclarecer que respostas fora do padrão não significam necessariamente uma anormalidade ou psicopatia. Um desvio neste tipo de exame não é algo anormal. É normal que existam algumas diferenças entre as pessoas e totalmente esperado que em muitos testes o leitor não responda o mesmo que a maioria.

Porém, com esse comparativo, os leitores são capazes de entender melhor como a espécie humana pensa e o que realmente é a inteligência. Ao perceber no que somos diferentes, entendemos também o que exatamente nos torna especiais e quais são nossos principais talentos.

 

Coloque sua inteligência à prova

Uma vez que compreendemos os padrões da inteligência psicológica humana e conseguimos esboçar um rascunho de como é a nossa própria, é hora de descobrir se essas teorias se confirmam, seguindo o bom e velho método científico: colocando-as à prova.

E a melhor forma de fazer isso é justamente com testes e exames psicológicos como os apresentados em Psi-Q. Com o processo descrito neste livro, é possível identificar melhor os traços marcantes da sua personalidade e quais valores morais determinam o seu comportamento.

Além disso, os exercícios ajudarão também no próprio desenvolvimento desta inteligência psicológica, funcionando como uma espécie de treinamento para o cérebro.

Portanto, para quem busca o autoconhecimento e consequentemente aprimorar seu autocontrole, a dica é seguir o método descrito em Psi-Q e descobrir mais sobre sua inteligência com a psicologia.

TAGS: