Seja o líder da sua vida

31 de outubro de 2017 | por Editora Sextante

Imagine que a sua vida é uma peça de teatro. Agora, analise qual a sua função nessa peça. Você está no palco dirigindo a peça, você é o ator principal do espetáculo ou você é apenas mais um espectador na plateia?

No livro Seja líder de si mesmo, o psiquiatra Augusto Cury nos alerta para o seguinte fato: se compararmos a mente humana com o mais belo e fascinante teatro, a maioria dos jovens e adultos são preparados para serem apenas a plateia, e não líderes do mundo psíquico.

Os pensamentos nos dominam, as emoções nos controlam. A ciência e a educação nos preparam para explorarmos o mundo externo, mas não para explorarmos o território do nosso ser.

Como se fosse um roteiro de teatro, Cury oferece as ferramentas para que o leitor saia da plateia e suba no palco da própria vida.

 

Inspire-se

“Quando discriminamos os outros, nós os diminuímos. Quando os supervalorizamos, diminuímos a nós mesmos. Respeitar e tomar algumas pessoas como modelo é saudável. Super dimensioná-las é doentio, bloqueia nossa inteligência e liberdade.”

Ser ator principal no palco da vida não significa não falhar, não chorar, deixar de tropeçar, ter reações de insegurança ou, às vezes, atitudes tolas. Ser ator principal significa refazer caminhos, reconhecer erros e aprender a deixar de ser aprisionado pelos pensamentos e emoções doentias.”

“A vida é um grande espetáculo. Vale a pena vivê-la, apesar de todas as suas dificuldades. Um vencedor não pode estar na plateia. Tem de estar no controle de sua vida!”

“O maior líder é aquele que reconhece sua pequenez, extrai força da sua humildade e experiência da sua fragilidade…”

Se você deseja ser apaixonado pela sua vida, faça-lhe um grande favor: não seja mais tímido e passivo diante dos seus próprios ataques de raiva, irritabilidade, de seus pensamentos negativos. Peça desculpa se errou. Não brigue com os outros, não os culpe, não discuta. Nossa luta real é interior e silenciosa: no anfiteatro da nossa mente.”

“Quem tem luz exterior caminha sem tropeçar, quem tem luz interior caminha sem medo de viver…”

TAGS: